Excelência
na área de Oftalmologia

POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ ENVELHECENDO E, COM ELA, AUMENTA A INCIDÊNCIA DE CATARATA

Os último dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que a população brasileira está “envelhecendo”. As projeções do censo para 2060 indicam que começaremos a ver um funil etário, ou seja, mais idosos do que jovens. Com este aumento, cresce a preocupação com as doenças características do envelhecimento, entre elas, a catarata.

A catarata é causada pela opacidade do cristalino, a “lente natural” do olho que tem como finalidade focalizar as imagens na retina. Essa lente é transparente, mas com a doença ela vai se tornando opaca e com a coloração esbranquiçada. Quanto mais a doença progride, mais ela afeta a visão, podendo levar à cegueira.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a catarata é responsável por 47,8% dos casos de cegueira no mundo, principalmente entre a população idosa. Visão embaçada, como se a pessoa estivesse olhando por um vidro opaco, alterações frequentes na prescrição de óculos, dificuldades para fazer atividades do dia a dia devido a problemas de visão, entre outros, são alguns dos sintomas que podem indicar a presença de catarata.

É importante ressaltar que o único tratamento efetivo para curar a doença é a cirurgia, onde é quebrado e aspirado o cristalino opaco e implantada uma lente intraocular dobrável. O tratamento está diretamente relacionada a saúde e qualidade de vida do paciente, proporcionando independência para ler, dirigir, trabalhar e até mesmo se divertir e se relacionar com outras pessoas. O fato de enxergar melhor também diminui o risco de quedas e acidentes, tão frequentes entre os idosos.

Procure um oftalmologista de confiança e saiba mais!

Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *